domingo, setembro 6

Beleza é Fundamental?

Dois pesquisadores americanos resolveram investigar cientificamente um tema dos mais polêmicos, especialmente no que diz respeito às mulheres: é verdade que pessoas bonitas têm algum tipo de vantagem na conquista de um emprego? Chegaram à conclusão de que os empregadores realmente dão preferência aos candidatos bonitos. Mas o motivo porque isso ocorre não tem nada a ver com o que normalmente se imagina.Marcus M. Mobius, da Universidade de Harvard, e Tanya Rosemblat, da Universidade Wesleyan, simularam um processo de seleção em que dezenas de candidatos preencheram os habituais formulários com dados pessoais, formação acadêmica, experiência profissional e etc.

Em seguida, os participantes resolveram um teste de lógica relativamente simples e responderam à pergunta: “Quantos testes desse tipo você seria capaz de resolver em 15 minutos?” Na etapa seguinte, os empregadores avaliaram os candidatos de maneiras diferentes: sem entrevista, apenas examinando currículo e foto do candidato; entrevistando-os pessoalmente; e entrevistando-os por telefone. Agora, veja que resultados interessantes.

Nos casos em que os empregadores avaliaram apenas currículo e foto dos candidatos, a boa aparência não teve influência alguma. Nos casos em que os empregadores entrevistaram pessoalmente os candidatos, os mais bonitos foram os preferidos. E nos casos em que as entrevistas foram por telefone, os mais bonitos também se saíram melhor. Qual seria a explicação para isso, se na entrevista por telefone não dá para julgar a aparência das pessoas? A explicação é: autoconfiança.

Os pesquisadores constataram que os candidatos de melhor aparência transmitiram mais autoconfiança aos empregadores, tanto nas entrevistas cara-a-cara quanto nas realizadas por telefone. E apesar de não terem ido melhor que os demais no teste de lógica, os bonitões se disseram capazes de resolver um maior número de testes do que os outros.

Para mim, isso tem tudo a ver com a auto-estima. Pessoas de boa aparência tendem a se valorizar e se gostar. Consideram que sua beleza é percebida e reconhecida pelos outros e são confiantes de que causam boa impressão. E se pensam isso de si mesmas, acabam causando boa impressão mesmo – não tanto por causa da aparência, como demonstrou o estudo, mas principalmente por causa da autoconfiança.

Agora, precisa ser bonito para ter auto-estima elevada? Claro que não. Temos muitos motivos para nos gostar e valorizar: inteligência, bom humor, competência, conhecimento, experiência, maturidade, simpatia, gentileza, elegância, vontade, coragem, garra, equilíbrio, determinação, atitude, disciplina, sensibilidade... Você mesma, reconhece as qualidades que possui? Na realidade, o maior fator de auto-estima é saber quem somos, quais são nossas qualidades e potenciais. Dizem por aí que a beleza vem de dentro, o que pode ser um grande chavão, mas não deixa de ser absolutamente verdadeiro. Reconheça toda a sua beleza interna e expresse-a para o mundo com muita autoconfiança. Empregador nenhum conseguirá ficar indiferente a isso! Wow!!!

Fonte de pesquisa; Vilamulher

8 comentários:

Francisco Castro disse...

Olá!

Eu não acho que a beleza seja fundamental para nada. O que realmente é importante é o caráter, a honestidade, o respeito e a honradez. As pessoas deveriam praticar esses pricípios, ao fazer isso poderíamos viver muito melhor.

Abraços

Francisco Castro

drauziomilagres disse...

Acho que a beleza NÃO é fundamental. Por que? Exatamente pelo o que foi exposto no texto. Há pessoas que não são bonitas mas transmitem/emanam uma "energia" que as torna extremamente agradáveis, simpáticas e aconchegantes, enquanto outras que são bonitas tem uma energia repulsiva. Acho que tem tudo a ver com o nível de sintonia de todos os envolvidos. Um abraço. Drauzio Milagres.

Rosana Ibanez disse...

Olá!! Muita boa a postagem e tem tudo a ver com a realidade sim. As empresas procurarm juntar o últil ao agradável, pois com certeza um bom curriculum é essencial, mas que a beleza externa também é fundamental não resta a menor dúvida. Acho que é muito relativo tudo isso, e na minha opinião acho sim que as pessoas devem ser vestir de acordo com o cargo solicitado, pois ser uma pessoa vaidosa significa "se gostar" e isso já é um bom início.
bjs

Cris disse...

Fica mais fácil, nesse caso, ser confiante. Entretanto, não há necessidade de ser bonito para ter sua autoestima valorizada. Conheço muitas pessoas consideradas 'feias' pelos padrões sociais de beleza, que transmitem uma autoconfiança de botar qualquer beldade desconfiada.

Beijocas

EAD/JOYCE disse...

òtimo rexto, amiga. Parabéns.bjs

Rô Castro disse...

Oi, moça
Falou tudo auto-estima é fundamental e isso não tem nenhuma relação com a beleza,pois conheço algumas pessoas bonitas com a auto-estima baixissíma..Devemos valorizar nossas qualidades

abraços

rendaextrareal.com disse...

"A beleza empolga a vista, mas o mérito conquista a alma." Alexandre Pope

“A beleza da alma reflecte-se no corpo.” Séneca

Pensador Louco disse...

Absolutamente certo, minha amiga. A beleza vem de dentro, sim, e auto estima ajuda muito em ressaltar a beleza como um todo, não somente como atributo físico.

Basta ver nomes famosos (como Vincent Cassel, por exemplo) que têm o charme e presença como cartão de visita, e são belos pelo conjunto (porque fisicamente ele é um intestino delgado).

Grade postagem, adorei o texto. Beijos.