domingo, março 7

Google Buzz Veio Para Desbancar o Twitter e o Facebook???


Google Buzz é o mais novo serviço da Google que, por enquanto, é integrado ao o Gmail e foi lançado o mes passado. O Google Buzz funciona como uma espécie de Twitter. Usuários compartilham com seus seguidores: links, textos, fotos, vídeos, comentários, etc. É uma espécie de blog para o Gmail, até porque não há limite de caracteres.E a gigante da Internet se lança em mais um novo desafio, desta vez ela quer desbancar o Facebook e o Twitter. O Google introduziu uma pitada de "redes sociais" no seu serviço de webmail, o GMail. O Google Buzz, como o novo serviço é chamado, integra ao GMail a funcionalidade de uma rede social como o Facebook, e a troca de mensagens como no Twitter. O Buzz promete ser um serviço que irá além de um simples sistemas de trocas de mensagens públicas ou privadas, e quem sabe consiga encobrir a decepção que foi o Google Wave.


O Buzz será uma nova pasta dentro do Gmail, beneficiando-se com isso, de uma base já consolidada de 176.5 milhões de usuários. Dentre as funcionalidades estão, seguidores automáticos (baseado nos contatos do GMail), experiência rápida de compartilhamento de conteúdo, divisão entre conteúdo público e privado, e integração com a caixa de entrada do GMail (notificações de comentários e novos posts). O Buzz possui integração com os principais serviços do google, como fotos (Picasa), vídeos (Youtube), encurtador de links (no caso, o uso do goo.gl), e leitor de feeds (Google Reader). Além dos serviços disponíveis no próprio Google, haverá a possibilidade de integração com serviços de terceiros, como o Flickr e até mesmo o Twitter. Seguindo a lógica dos outros serviços do Google, o Buzz também irá sugerir aos seu usuários, conteúdos de interesse.


Depois do Facebook, o Twitter tornou-se a mais nova preocupação do Google. Esse cenário torna-se mais preocupante para o Google, pois, enquanto o Facebook é uma rede social cujo conteúdo é teoricamente fechado e baseado em relações, o Twitter começa a se tornar um buscador de notícias em tempo real. Isso quer dizer que, com suas informações, o Twitter poderia criar uma concorrência perigosa para o gigante das buscas.

A Google oficialmente já ofereceu bilhares de dólares pelo Twitter, porém o serviço de microblog não está à venda, como afirma um dos fundadores Biz Stone. Essa oferta ocorreu depois de o Google deixar de lado o Jaiku, que na época da compra era o segundo serviço de microblog mais usado. Não deu certo.

Resta saber como o Google usará o Buzz. Embora particularmente não se sabe ao certo se dará  muito futuro, o Google mesmo que desesperadamente, como uma espécie de última carta na manga, está lançando sem fazer beta nem ter sido tão falado como o Google Wave, outro produto que não parece ter muito futuro.

Steve Ballmer, presidente da Microsoft, há alguns meses já havia ironizado a Google dizendo que ela é “cão de um truque só”, afinal não deu lá muito certo em nenhum outro segmento além das buscas,  afinal o Orkut é um grande fiasco fora e dentro do Brasil , ao contrário do Facebook que tem crescido muito, no segmento de vídeos teve de substituir seu serviço pela aquisição do YouTube.

Fonte de pesquisa: Google

Nenhum comentário: