quinta-feira, setembro 23

Existe Vida Após a Morte???

Irei falar aqui, sobre um assunto que interessa a todos nós: "Existe Vida Após a Morte???" - O que será que tem do outro lado??? Infelizmente nunca ninguém voltou para nos contar, o que sabemos na verdade são apenas suposições, cartas psicografadas, essas coisas... Mas, para onde vamos quando morremos??? A nossa alma transita, viaja quando dormimos??? São tantas as perguntas sem respostas, que ficamos cada vez mais intrigados e curiosos.

O livro ‘Nosso Lar’  já alcançou a marca  de16 milhões de leitores

O filme ‘Nosso Lar’ ultrapassou a marca de dois milhões de espectadores nos cinemas brasileiros, segundo informações da Fox Film. O número foi alcançado em 14 dias de exibição, desde a estreia da produção, no último dia 3.

Esta foi a segunda melhor estreia do cinema nacional dos últimos anos, perdendo apenas para "Chico Xavier", cinebiografia do médium mineiro. Não por acaso, os dois filmes tocam numa questão que nos intriga há tempos. O que acontece após a morte?

"Nosso Lar" conta a história de um médico (André Luiz) que acorda no mundo espiritual após a morte e acompanha sua jornada, desde os primeiros dias, numa dimensão de dor e sofrimento, até ser resgatado para uma cidade espiritual cujo nome dá título ao filme.

Os livros psicografados por Chico Xavier ultrapassam 18 milhões em vendas. Destes, "Nosso Lar", ditado pelo espírito André Luiz, superou a marca de 2 milhões de exemplares vendidos, somando mais de 16 milhões de leitores.

Interesse

Todo este interesse pode ser explicado pela curiosidade por parte do público em conhecer o mundo espiritual. "O próprio centenário do Chico Xavier, que estamos comemorando em 2010, contribui para isso. Existe um interesse da mídia em divulgar os estudos espíritas, o que acaba contribuindo para a disseminação dos conhecimentos da doutrina", explica o presidente da USE de Ribeirão Preto, José Antônio Balieiro.

Para onde vamos quando morremos???

Eu sou uma pessoa muito cética a esse respeito, mas não posso deixar de citar um fato que aconteceu comigo 5 anos após a morte do meu marido. E é só por isso que acredito que exista algo do lado de lá. Aconteceu em uma noite que eu estava no hospital com uma tremenda infecção hospilar que acometeu-me após uma cirurgia. Fazem mais de 10 anos que esse fato ocorreu, e eu me lembro de todas as palavras que o Octavio (meu marido) me falou. Eu nunca havia lido nada, nada, nada a respeito de espiritismo, e nem me ligava nisso.

Bem, eu estava tentando dormir, minha mãe estava ao meu lado rezando para que eu melhorasse logo, pois estava com muita febre. De repente, eu ví o rosto do Octavio na parede da frente acima da minha cabeça, achei que estava delirando e então ele disse: "não fale alto comigo, apenas pense, que eu entenderei." - e em pensamento eu disse: " Octavio!!! Você veio para me buscar??? Eu vou morrer???" - e ele disse: "Não, nenê (nosso apelido carinhoso), a sua hora ainda não chegou, eu vim porque precisava te falar umas coisas" - eu disse: " Mas porque vc nunca veio antes???" - ele disse: " Porque eu não posso vir quando eu bem quiser, somente quando tenho permissão" - eu disse; "Permissão??? De quem???- ele disse: "Dos meus superiores e deixa eu te falar uma coisa, nunca me chame pois eu não posso vir e também nunca chore por mim, pois me faz muito mal"- eu disse; " Tá legal, eu não vou te chamar mas porque você veio hoje???" - ele disse: "Porque eu obtive permissão e porque eu tinha que te dizer umas coisas, em 1º lugar você está neste hospital porque você precisava passar por isso para crescer mas você vai ficar boa logo" - eu disse; " E quem me garante que é você mesmo que está aqui??? Me dê uma prova" - "Ok, manda a tua mãe tirar a tua febre vai dar 37º" - "Não vai pois eu estava com 39º até agora" - "Nenê, faz o que eu digo" - "Tá bom, mãe tira a minha febre???" - ela disse: " Mas acabei de tirar, filha, você está com 39º" - eu disse: " Tira a minha febre por favor" - e ela tirou, resultado??? 37º, ela até falou: "Mas como??? O remédio ainda nem fez efeito!!!" - eu disse: "Pois é, agora pode continuar rezando" e falei para o Octavio: "então é verdade mesmo, você realmente está aqui e me diz como é aí???" - "Aqui??? É como aí, quando a gente faz a passagem vamos para um hospital e é lá que você fica sabendo aonde você está, depois de tratado você é encaminhado para a sua família e trabalha, só não ganha dinheiro" - "E você trabalha em quê???" - "Nós trabalhamos para vocês, mas o que eu vim te dizer é que você vai casar assim que sair daqui e vai ter 2 filhos" - "Ué você me dizendo que vou casar??? Vc nunca quis que eu casasse de novo!!!" - " Eu sei mas agora você precisa casar para crescer só que será com quem eu quiser", bem daí em diante ele me falou uma série de coisas sobre meus irmãos, sobre a família dele, coisas que eu nem estava pensando naquela hora, e tudo o que ele me disse aconteceu, não estou brincando, é sério mesmo. E me disse ainda: "Não adianta você sair por aí contando que falou comigo, pois ninguém irá acreditar,eu vou dizer para quem você poderá contar: para minha irmâ Lygia, para a sua mãe e para ninguém mais. E não fale agora, deixe para quando você sair do hospital" - "Você já vai embora???" - "Não eu vou ficar até você dormir depois eu vou e não se esqueça: não me chame pois eu não posso vir" - "Com quem você mora aí???" - "Com o meu avô e a minha avó, meu pai eu não encontrei mais, ele não está mais aqui" - " E você vê todos as pessoas famosas que morrem???" - "Não. Não é assim, aqui cada um mora com a sua familia"- " E vc sentiu medo???" - "Sentí. Quando eu fiz a passagem, mas com as missas e rezas de vocês a gente vai se sentindo melhor" - " E como é Deus???" - aí ele não me respondeu mais, já tinha ido embora e eu entendí que ele não podia mais ficar e nem falar sobre o que lhe perguntei. Já estava amanhecendo quando ele se foi...

Desse dia em diante, nunca mais ele veio, apenas em sonho, e quando eu saí do hospital, 2 meses depois eu me casei e o cara tinha 2 filhos, mas não durou eu não o amava ficamos 3 anos casados só. Quando contei tudo isso para a minha cunhada Lygia, ela me perguntou se eu já tinha lido algum livro sobre esse assunto, eu disse que não, e ela me disse; "Pois tudo o que você me contou é verdade, tem tudo isso em livros de espiritismo".

Agora eu pergunto: e você acredita nisso???






Lulucha

3 comentários:

Edgard Shigenaga disse...

Linda história!
Obrigado por compartilhar.
Eu acredito, e acho q vc é uma pessoa abençoada.
Pense bem, sabemos q temos q ter desapego aos falecidos p não fazer mal à eles.
Normalmente, não os veremos mais nessa vida.
Vc pôde reencontrar uma pessoa querida, quem não quer?
Para isso muito provavelmente vc foi uma pessoa merecedora.
Parabéns pelo artigo.
Bjs.

Jucifer disse...

olá guria
bem eu acredito sim
acho q naum teria sentido
tudo acabar por aki
e o fatos nos levam acreditar
q exite algo mais
a tantos sinais nos indicando isso!

bjim guria

Jackie Freitas disse...

Pat, minha querida!
Ainda não fui assistir ao filme, mas já está aqui agendado. Não posso perder esse grande sucesso literário e que, com certeza, tem muitos ensinamentos e esclarecimentos.
Querida, acredito que aqui seja uma passagem apenas. O que nos espera do outro lado, também não sei e tenho certeza que saberei no devido momento. O importante é pararmos com esse medo e até certo egoísmo de acreditar que tudo se inicia e encerra aqui. Daí tantas pessoas estão cometendo loucuras, acreditando que não haverá nada mais adiante. Há sim! Aqui é a fase de plantarmos. A colheita virá adiante.
Grande beijo,
Jackie