segunda-feira, maio 18

A Ganância é Abominável

Hoje, eu vou falar de um tema que muito me desagrada, mas que precisa ser falado. Trata-se da ganância. Vocês já perceberam como ela transforma as pessoas? Como ela nos torna animais abomináveis? Pois é, minha gente, e conhecemos tantas pessoas assim não é mesmo? A ganância simplesmente, torna as pessoas extremamente egoístas, falsas, manipuladoras e que só pensam no poder e em sí próprias. É ultrajante, mas é verdade.

A pessoa que é gananciosa, sempre quer levar vantagem em tudo, nem que para isso tenham que passar por cima de tudo e de todos, pelo simples prazer de conseguirem satisfazer o seu ego, ou somente para mostrar aos outros e sí próprio em primeiro lugar que podem conseguir aquilo que almejam. E geralmente, conseguem, mas podem ferrar quem estiver no seu caminho, sem ao menos se importar nos danos e consequências que podem causar ao outro. Não importa se você é amigo, parente, ou o que quer que seja, elas são capazes até de usar o nome de quem elas precisam para conseguirem o primeiro lugar.

Elas não pensam que agindo assim, elas podem estar destruindo a vida do outro com calúnias, joguinhos daqui e de lá, não, nada disso importa para esse tipo de pessoa. E muitas vezes chegam a difamar o outro sem avisos prévios. Elas são capazes, sim, de romper uma amizade , ou até destruir uma relação afetiva do outro em benefício próprio.

No fundo, elas pensam: "Ah, é? Se você não me ajudar nisso você vai se arrepender" ou " Se eu não conseguir tal coisa, você também não vai conseguir"...

Isto, minha gente, é a coisa mais mesquinha, mais pobre, mais baixa, que pode existir. Esse tipo de pessoa, não é normal, e precisa de tratamento psicológico, pois chega um ponto que não há mais como conviver com uma pessoa assim, é humanamente impossível, daí o que acontece? Os amigos se afastam, a família se afasta, e a pessoa acaba ficando só e louca.

Para o ganancioso, a pior coisa é não ter ninguém que ele possa manipular para conseguir o que deseja. Para mim, esas pessoas me dão a impressão de um rolo compressor, sabem?

Há pouco tempo atrás aconteceu uma dessas comigo, e eu perdí a amizade de uma pessoa que eu prezava muito e que me era muito querido, o ganancioso teve a coragem de caluniar esse meu amigo, usando o meu nome. E eu sem saber de nada, levei a maior lavada desse meu amigo por causa disso. Acho que o objetivo da pessoa era o de me punir por não ajudá-lo naquilo que ele queria, e conseguiu, pois perdí a amizade daquele amigo. Bem resultado: o cara acreditou em tudo, e ficou com a certeza de que fui eu quem o caluniou pelas costas.

Eu não posso culpá-lo por não querer mais a minha amizade, pois que provas eu tenho para mostrar a êle que não fui eu? Uma vez que a coisa toda foi feita por escrito ou sei lá o que, eu só sei que o cara falou poucas e boas para mim e eu que nem uma idiota sem saber de nada. E mais, se êle não tivesse me contado o nome da pessoa eu jamais saberia desse episódio. Na verdade, eu tenho mais é que agradecê -lo por me jogar cobras e lagartos na cara, pois só assim eu fiquei sabendo de que e de quem

se tratava. Enfim, eu fiquei e ainda estou muito triste por tudo isto ter acontecido.

Principalmente, porque eu vou dizer uma coisa a vocês, honestamente eu nunca em toda a minha vida conseguí agir ou caluniar uma pessoa pelas costas, eu não sou desse tipo, Graças aos meus pais, que sempre me deram uma ótima educação, se eu tenho algo para falar de uma pessoa eu chego e falo na cara, doa a quem doer, mas falsa eu não sou. Meus amigos mais chegados, que me conhecem sabem quem eu sou e como eu sou. Eu não levo desaforo pra casa não. E detesto trapaças e joguinhos, e etc...

O caluniador nunca sai perdendo, quem perde é sempre você, que está sendo usado pelo ganancioso sem saber. Quando você percebe... já era.

Agora, gostaria muito, de deixar um consêlho de carteirinha, se afastem de pessoas manipuladoras, elas podem acabar com a sua vida, com o seu emprego, com as suas amizades e até com o seu casamento.

De pessoas ganânciosas eu quero mais é DISTÂNCIA.

Lulucha

Nenhum comentário: