segunda-feira, junho 15

Coca-Cola Zero Está Proibida

UTILIDADE PÚBLICA - COCA- COLA ZERO Coca cola zero, proibida nos Estados Unidos

AOS AMANTES DA COCA-COLA, É BOM LER...COCA-COLA ZERO PROIBIDA nos Estados Unidos Recebemos esta mensagem do Dr. Edgardo Derman, médico em San Juan , Argentina, a respeito de sua pesquisa sobre o refrigerante Coca-Cola Zero. Para não incorrermos em divulgar notícia infundada, pesquisamos o site do Federal Drugs Administration, o mais respeitado órgão de controle de drogas e alimentos daquele país, cujas publicações merecem o crédito de toda a comunidade científica internacional.

Como se trata de saúde do consumidor, traduzimos a mensagem que vai publicada na íntegra como nos chegou: "Faço minha contribuição a este interessantíssimo artigo: Na década de setenta apareceu uma bebida que foi muito popular em seu momento.A casualidade é que a mesma era produzida também pela Coca Cola e se chamava TAB, obtendo grande êxito já que era dietética. Nesta época, meu irmão, um engenheiro químico, estava fazendo uma Pós-Graduação na Espanha em Produtos Alimentícios e nos chamou atenção para não consumirmos esta bebida pois a mesma continha “Ciclamato”, um agente químico que reconhecidamente fazia mal à saúde.

DESDE ESSA ÉPOCA SE SABE QUE NÃO SE PODE USAR O CICLAMATO PARA CONSUMO HUMANO. O Ciclamato, a pesar dos alertas, continuou a ser usado em muitos produtos dietéticos, notadamente nos países em desenvolvimento ou não desenvolvidos. Quando forem a um supermercado ou mercearia basta conferir os ingredientes para ver se apresenta esta nociva substância nas composições destes produtos. Agora prestem atenção: Porque a Coca-Cola Zero, que contém Ciclamato, foi proibida nos Estados Unidos? Conheça as razões deste porquê. E mais uma questão: O que se passa na América Latina, onde este produto ainda não foi retirado do mercado? Fiquem de olho nesta bebida, afinal, o que você sabe da Coca-Cola Zero?

Depois de uma massiva propaganda do novo produto Coca-Cola Zero, começaram a aparecer na comunidade científica, artigos médicos sobre os malefícios do Ciclamato. De outra forma, os consumidores começaram a questionar porque a Coca-Cola lançava um produto que viria concorrer com outro produto seu da mesma linhagem, a Coca-Cola Light. Afinal, as duas não prometiam a inexistência de açúcar em suas composições? Se ambas não contém açúcar, o que as diferenciava? As respostas para estas questões estão a mostra num atento exame dos componentes de tais refrigerantes: A Coca Cola LIGHT possui: Acesulfame K (16mg/%) y Aspartame (24mg/%), num total de 40mg/100ml de bebida, de edulcorantes. Já a Coca Cola ZERO tem em sua formulação Ciclamato de Sódio (27mg%), Acesulfame K (15mg%) e Aspartame (12 mg%), tornando-a mais doce que a outra - um total 54mg/100ml de bebida). Tendo em conta que o edulcorante «Ciclamato de Sódio» está terminantemente proibido pelo F.D.A (Federal Drugs Administration) - (Organismo máximo de controle de alimentos e drogas dos EEUU da América) por comprovados efeitos na gênese de tumores cancerígenos, e mais, que o Ciclamato é muito mais barato que o Aspartame (a razão de 10 dólares por quilo do Ciclamato contra 152 dólares/Kg do Aspartame, vem a pergunta: Que Coca-Cola você passará a tomar?

Parece fácil a resposta, ainda mais considerando-se que o Ciclamato de Sódio é cancerígeno, não? Entretanto, o que se vê é um contínuo incremento no consumo da Coca Zero em contraste a um decréscimo no consumo da Light. Especialmente nos países em que a Coca Zero não foi ainda tirada do mercado. O que faz isto? A massificação da propaganda da Coca Zero, contra praticamente nenhuma da Coca Light. Assim, somos induzido a ingerir um produto que, proibido em outros centros por conter um agente cancerígeno, ainda está a disposição em nossos mercados.

Ao entrar no site do FDA para investigar… SURPRESA!!! Lá, encontrei uma lista de aditivos e alimentos considerados seguros para a saúde humana, chamada, Generally Recognized as Safe (GRAS). Pois bem! Efetivamente o Ciclamato de Sódio aparece nesta lista com uma observação em inglês: Sodium cyclamate - NNS , ILL - Removed from GRAS - list 10-21-69 - 189. Ou seja, o Ciclamato de Sódio foi retirado da lista de aditivos e alimentos seguros. Confira em http://www.cfsan.fda.gov/~dms/opa-appa.html.

Continuei minha busca e encontrei através do site do FDA um “link” para uma outra lista com a sigla EAFUS (Everything Added to Food in the United States). Traduzindo: Todos os Aditivos de alimentos nos Estados Unidos. Lá, está claramente a proibição ao Ciclamato de Sódio: SODIUM CYCLAMATE-PROHIBITED. Quer a fonte? Consulte: http://www.cfsan.fda.gov/~dms/eafus.html. Finalmente, deparei-me com outra lista de substâncias proibidas em alimentos para consumo humano. E lá estava: PART 189--SUBSTANCES PROHIBITED FROM USE IN HUMAN FOOD. 189.135 Cyclamate and its derivatives. Alguma dúvida? Bem, foi esta a mensagem que me chegou por e-mail.Agora meus comentários: A Pessoa que me enviou a mensagem perguntava-me: porque a Coca-Cola Zero é vendida nos Estados Unidos se a FDA proibiu o uso de Ciclamato de Sódio para consumo humano? A resposta é simples; A COCA COLA ZERO vendida nos Estados Unidos, no Canadá, no Reino Unido e na maioria dos países europeus NÃO CONTÉM Ciclamato de Sódio. Isto só acontece nos países pobres ou subdesenvolvidos como os da Europa Oriental e América Latina. Quando no ano passado se tirou do mercado a Coca-Cola Zero no México criou-se uma grande polêmica porque ela continha Ciclamato e tiveram que trocá-la. A Coca Cola nunca aceitou dizer que ela havia sido tirada do mercado por causa do Ciclamato. Ao invés disto disse que a mesma foi retirada do mercado para “melhorar seu sabor”.

É frustrante e indigno o que estes países fazem com os países do dito 3º. Mundo. Não lhes interessa a saúde do consumidor (que em sua ignorância crêem estar usando produtos dietétios seguros). Interessa-lhes, apenas, o lucro, o dinheiro. Por incrível que pareça, em minhas investigações a COCA COLA ZERO que se vende na Espanha também possui esta coisa, o Ciclamato. Porém, está cada vez mais rara sua venda. A que vendem na Alemanha também contém esta droga. POR FAVOR CONTRIBUYAMOS CON UNA CAUSA JUSTA, REENVÍA ESTE MENSAJETODO EL QUE PUEDAS PARA QUE SE SEPA QUÉ CLASE DE VENENO SE ESTÁ VENDIENDO EN CADA UNA DE LAS TIENDAS DEL PAIS". - San Juan - ARGENTINA ________________________________ Confirmação de que o Ciclamato de Sódio é proibido nos EUA. Realmente esse adoçante é proibido nos EUA.

Fonte de pesquisa: Recantodas Letras

2 comentários:

tutty gualberto disse...

É um absurdo que estas coisas ainda continuem acontecendo. Vou divulgar esta notícia o máximo que puder.

zapster disse...

O Ciclamato é o nome comum do ciclohexilsulfamato, identificado na indústria alimentícia com as siglas E 952. O ciclamato é amplamente utilizado na indústria de alimentos e farmacêuticos como edulcorante.
Ao ciclamato e a ciclohexilamina (seu principal metabolito) são atribuidos efeitos carcinogenos. O ciclamato é ilegal nos Estados Unidos (1969), Inglaterra (1970), França e Japão, porém atualmente é um aditivo autorizado pelo Parlamento Europeu, com restrições. A ingestão máxima diária atual é de 7 mg / kg de peso corporal. Até 2005 era de 11 mg.