quarta-feira, outubro 7

Veja o Que Pode Ocasionar Uma Simples Dor de Dentes

  • Porque devemos tratar da gengiva?

Porque junto com a cárie, a doença da gengiva é a principal causa da perda dos dentes. A doença gengival se inicia de forma sorrateira, com sangramento, mau hálito, modifica a aparência do sorriso (aumentando o espaço entre os dentes) e atualmente, muitos cientistas tem relacionado-a com doenças cardiovasculares. Em 1989 Mattila e colaboradores descreveram que a doença periodontal “pode” estar associada ao infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC). Conseqüentemente, a doença periodontal deve ser tratada, pois ela predispõe a complicações infecciosas como: endocardites, bacteremias e problemas cardíacos. Além de ter seu quadro modificado em pacientes portadores de febre reumática, diabetes, osteoporose, dentre outras enfermidades sistêmicas. Ela pode levar a uma série de outros problemas de saúde, de infecções pulmonares a parto prematuro. Também pode prejudicar o controle do diabetes tipo II, uma vez que as infecções levam a um aumento das taxas de açúcar no sangue. Esse enfoque atual é alvo de uma área específica da odontologia, a Medicina Periodontal. A “migração” das bactérias causadoras da periodontite da boca para o coração já era considerada como uma das possíveis causas da endocardite infecciosa bacteriana (uma infecção do forro das válvulas do coração).

Estudos mais recentes mostraram possível ligação, mesmo que indireta, com outros problemas cardiovasculares, como a arteriosclerose depósito de gordura nas artérias. Substâncias liberadas no sangue a partir da inflamação poderiam estimular a produção de proteínas que facilitariam a adesão da gordura. As doenças periodontais podem também ser expressões de doenças sistêmicas, como a infecção pelo vírus da Aids ou pelo vírus HPV (o mesmo causador do câncer de colo do útero). O diabetes pode predispor o paciente ao problema periodontal. O tabagismo e o estresse são associados a algumas periodontites. Fumantes têm até quatro vezes mais chances de ter a doença periodontal.

Fonte: http://www.espacoperio.com/

Agora prestem atenção nesta história:

Falando ontem com uma amiga minha, ela me contou o drama que ela passou por causa de uma periodontite. Estava ela, voltando de uma viagem maravilhosa de navio, quando sem mais nem menos, ela começou a sentir-se extremamente mal. Mas tão mal que ela teve que sair do navio de cadeira de rodas, de tão fraca que estava, muito bem, ela foi pra casa e melhorou. Passado alguns dias, ela começou a ter uma dor de dentes insuportável, e detalhe: ela tem dentes maravilhosos, nunca havia tratado sequer de um canal, correu para o dentista com a boca inchadérrima, e cutuca dali, cutuca daqui, conseguiram matar o nervo, mas não contente com o resultado a dentista continuou a cutucar o tal dente, até que chegou num ponto que ela não podia mais nem abrir a boca para tomar agua, perdeu 10 quilos em uma semana, então ela voltou lá e deu a maior bronca na dentista dizendo que ela não aguentava mais de dor, resolveram então mandá-la para um cirurgião dentista. Ela foi. Ele disse para ela que devia ser uma endocardite, que deveria procurar um médico. Ela já estava tão cheia de sentir dor que não deu muita importância ao fato, perguntou ao dentista se ela podia ir ao cabelereiro lavar a cabeça, ele disse que sim ,mas que tomasse cuidado com o secador muito quente, que secasse com secador quase frio. Ok. Ela foi ao cabelereiro, quando o cabelereiro começou a penteá-la ela começou a passar mal, mas a passar tão mal, que pensou que estava tendo um enfarte, chamaram um táxi para ela imediatamente e a levaram para casa, ela não parava de evacuar e vomitar ao mesmo tempo, ligaram para o médico dela, e ele mandou ela ir para o hospital imediatamente, chegando lá viram o estado em que ela se encontrava. Estava completamente anêmica, com pressão 4 em semi-coma, e a internaram. Ela ficou tomando sangue e soro durante mais de 40 dias, e para finalizar teve que colocar um marca-passo no coração.Mas porque tudo isso? Por causa do pus daquele dente ter ido para o coração,o que resultou numa endocardite. Endocardite: de cada 30 casos 25 vão a óbito.

Agora, ela voltou para casa e está se recuperando, mas vejam vocês, por causa de uma coisa relativamente banal, a menina foi parar na mesa de cirurgia e hoje usa um marca-passo!!! O que me deixa mais irritada em tudo isso, são os nossos belíssimos Planos de Saúde carésimos não considerarem dor de dente uma doença e nem ligarem se o tratamento é caro (o que geralmente é) ou não, e por consequência não cobrirem a consulta ao seu dentista. Cobrir eles até cobrem, mas uns dois ou tres dentistas deles. Se você quiser ir ao seu dentista de confiança, é por sua conta e risco. Acho que está mais do que na hora desses planos de saúde reverem os seus conceitos.

Lulucha

5 comentários:

Principe Encantado disse...

Muito boa sua informação, útil.
Abraços forte

Sissym disse...

Eu tenho muito cuidado com os dentes, se algo acontece de mais banal, acredite, eu choro!

Bjs

amigodcristo disse...

Lu.. to pasmo, ôloco, é complicado hein, dou graças a DEUS por ter uma saude de gigante...!!!

amigodcristo disse...

Lu.. to pasmo, ôloco, é complicado hein, dou graças a DEUS por ter uma saude de gigante...!!!

MGHORTA disse...

Posso ser até um sortudo, dor de dentes, é coisa que já não me lembro, truz-truz-truz não vá o diabo tecê-las...

O sistema de Saúde, tanto aí como cá, é uma tristeza a evitar, coitados dos que precisam dos mesmos...

Afinal de contas fui ao espaço antigo, ainda não entendi a ausência será que foi você a vítima das dores de dentes ??

Beijos de melhoras, seja qual for o motivo.