segunda-feira, agosto 16

Orgasmo??? Oh, yes!!!

ATENÇÃO: ESTE CONTEÚDO POSSUI TEOR SEXUAL E É IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS.

No meio da conversa, com a maior naturalidade, tem quem diga que vê estrelas só com carícias nos seios. A amiga ao lado jura gozar enquanto faz sexo oral no parceiro. É quando a outra diz que não precisa nem tirar a roupa para chegar lá. Para você não é tão simples assim??? Saiba que você está com a maioria. Talvez por isso tenham criado o Dia do Orgasmo (31 de julho). Para levantar a bandeira de que, sim, é um direito nosso (e deles, é claro) derreter de prazer.

Segundo o psicólogos e pesquisadores de sexualidade, grande parte das mulheres não se permite sentir orgasmo. "Falar de sexualidade feminina sempre é muito permeado por crenças e mitos. Normalmente a mulher não aprende a se tocar, a se perceber enquanto ser sexual", afirmam, salientando que isso pode prejudicar a vivência de uma sexualidade saudável.

São muitos os fatores que podem influenciar no fato de a mulher atingir ou não o orgasmo. O sexo é cheio de condições emocionais que facilitam o processo: o bem estar, uma relação conjugal de qualidade, amor, carinho, afeto, tudo isso facilita o processo de excitação, sublinhando a importância de que a mulher tenha consciência corporal, saiba utilizar os seus sentidos a favor de sua excitação e do seu prazer sexual.

Complicada e perfeitinha

O que é tiro e queda para uma mulher, para outra é nada feito. Não existe uma maneira unânime de excitação sexual feminina ou masculina. Portanto quando cada um da parceria sabe o que lhe é confortável e isso é comunicado e compreendido pelo casal, quando há respeito e cumplicidade, o processo tende a melhorar e facilitar que cada um saiba o que fazer para que o outro sinta-se melhor e tenha a possibilidade de prazer no encontro sexual.

Oh, yes!!!

Fonte de pesquisa: M de mulher
























































































.

Nenhum comentário: