segunda-feira, outubro 24

Você Se Considera Um Workaholic???

Para um número cada vez maior de pessoas, quando chegam as férias, bate um dilema que não consiste em escolher entre ir à praia, ao campo ou à montanha. Também não se perde o sono para decidir entre ofertas ou pacotes turísticos, viagens de trem, avião, ônibus ou no próprio veículo ou ainda como passar o melhor tempo possível com o cônjuge, família ou amigos. O que realmente preocupa essas pessoas é como continuar trabalhando durante as férias, período que para eles não significa um momento para relaxar, mas um amargo remédio que não querem tomar.

Para trabalhar quando não devem, os maiores aliados são: os laptops, tablets eletrônicos, smartphones e outros aparelhos tecnológicos que os permitem armazenar documentos, aplicativos e programas, buscar informações na internet, estar conectados ao escritório e a outras pessoas, fazer ligações e trocar mensagens.
Quanto mais conectados estão com seus aparelhos eletrônicos e seu trabalho, e menos conectados ficam com suas férias e mundo interior, mais aumenta o estresse, mal-estar e ansiedade dos que sofrem a chamada síndrome do workaholic, mas esta dependência laboral afeta trabalhadores de todos os níveis e profissionais independentes.

Diferente daquilo que pensam, agir dessa forma não traz benefícios, porque os submete a um desgaste físico, psicológico e emocional, que faz com que, ao retornar à rotina laboral, fiquem cansados, sejam menos eficazes e produtivos, cometam mais erros e tenham maior falta de concentração no trabalho.
Aqueles que sofrem dessa síndrome apresentam grande vontade de superação e nível de perfeccionismo, resistem a descansar e temem se ausentar de seu trabalho porque, caso o fizessem, se sentiriam menos importantes do que acham que são. Também lhes falta confiança de que seus colegas de trabalho possam agir tão bem quanto eles durante sua ausência.

São pessoas que, durante as férias, tendem a realizar atividades estressantes. Em vez de relaxar e aproveitar, transformam o trabalho em seu principal assunto de conversa, passam o dia falando ao telefone celular e recebendo, enviando e respondendo mensagens.

Eu hein??? Tô fora!!!

Fonte de pesquisa: MSN e Lulucha

Nenhum comentário: