terça-feira, outubro 19

Blogs Sobre Emagrecimento Fazem Sucesso

Você já deve ter lido em revistas ou ouvido de um médico que uma boa medida para perder peso é anotar tudo o que come e bebe em um diário. Mas, como somos modernas e vivemos em 2010, a alternativa mais criativa são os blogs sobre emagrecimento, que se proliferam na internet. Não há números que indiquem quantos endereços sobre o tema já existem, ainda assim a quantidade de pessoas interessadas em dar uma espiada mostra que a ideia tem sido cada vez mais bem recebida.
Com tanta gente leiga falando sobre o mesmo assunto, fica a dúvida se essa é uma ferramenta útil. Por isso, pedimos que especialistas analisassem alguns dos blogs mais badalados da internet. E eles foram aprovados!

Para a nutricionista da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição Caroline Bergerot, “tem muita informação e dicas que podem ser seguidas. Não é um trabalho científico, mas é um bom começo. São fontes interessantes que podem estimular”. Muitas meninas, por lutarem há anos contra a obesidade, são bem informadas e chegam ao seu consultório “craques”. A perda de peso das blogueiras não é rápida, mas é definitiva porque tem a ver com conscientização, não dietas milagrosas.

O nutrólogo e endocrinologista da Unifesp João César Castro Soares ressalta que essa troca de experiências é muito importante. “O convívio é interessante e grupos de autoajuda costumam ter resultados razoáveis”, afirma. Então, ligue o computador, puxe a cadeira e emagreça.

Matrícula na academia, alimentos saudáveis na geladeira, motivação e um computador para registrar as conquistas. Os blogs viraram febre e servem de estímulo e fonte de informação para as mulheres entrarem em forma e deletarem os quilos extras

A história

Larissa sempre foi um pouco mais cheinha que as outras crianças. Engordou mais durante a adolescência e chegou ao ápice na faculdade. Em 2003, depois de anos sem subir numa balança, se pesou ao lado de uma amiga. O resultado impresso em um tíquete: 99 quilos. “Aquilo foi um tremendo susto!”

A virada

O papel foi parar num caderno batizado de Meu Emagrecimento, que poucos meses depois viraria um blog. Toda semana, ela voltava à balança e anotava o novo peso. Como Larissa não queria fazer uma dieta específica, decidiu que seu caminho seria reduzir as quantidades — passou a comer um terço das porções a que estava acostumada — e tentar se alimentar com itens mais saudáveis.

O blog

O blog Meu Emagrecimento foi pioneiro e é um dos mais conhecidos, recebe por dia até 5 mil visitas. Ela já perdeu 43 quilos e quer limar mais 4. Depois de emagrecer tanto e dar entrevistas em revistas e programas de TV, Larissa virou uma celebridade virtual. “As meninas cobram ajuda... Mas sempre digo que isso deve partir de dentro delas, já que o que funcionou para mim pode não dar certo para elas. O emagrecimento é algo personalizado.” O blog foi uma experiência tão marcante que Larissa está escrevendo um livro. “Devagarzinho, porque quero que fique algo muito bacana e que realmente motive as pessoas a mudar a vida e sair do fundo do poço como eu saí.”

Dicas

* Não substitua refeições por lanches e salgadinhos.

* Pratique atividades físicas e ande bastante.

* Compre roupas abaixo do seu número atual.

* Tenha sempre na bolsa alimentos “não purpurinados” (não calóricos), como barrinha de cereais, Polenguinho, mexerica, banana.

* Prefira alimentos assados e, caso sejam fritos, coma raramente.

* Não passe fome. “Esse tipo de dieta é coisa do passado.”

* Jante antes de ir a uma festa.

* Se tem desejo de chocolate, coma um pequenininho.

* Tenha sempre uma meta.

* Cuide-se, seja vaidosa, valorize a autoestima.

* Não desista por causa de um deslize.

Controle as expectativas

A vida não fica perfeita porque você emagrece. Larissa traz questionamentos importantes sobre o que fazer depois que 40 quilos já se foram, ou seja, o que acontece no “depois”. Além disso, existe aí outra batalha: a manutenção do peso.

Aproveite os blogs, mas não perca isto de vista

* Não fique presa aos quilos; é melhor falar em medidas.

* Subir na balança todos os dias é desmotivante, gera ansiedade e pode dar resultados falsos (afetados pelo ciclo menstrual, por exemplo). O ideal é uma vez por mês — não mais que uma vez por semana.

* Para um emagrecimento saudável, a atividade física é fundamental, mas não é muito abordada nos blogs.

* Paciência. Quem sofre de obesidade mórbida vai precisar de um a dois anos para ter peso saudável.

* Fuja das dietas. A alimentação deve ser consciente, com alimentos saudáveis e gostosos.

* Cuidado para não se contaminar com depoimentos desanimados.

* Quem corta alimentos que adora pode ter uma súbita vontade — e comer o triplo.

* Ignore a publicidade em alguns blogs que tenta vender remédios milagrosos.

* Alguns cardápios não servem para todas as pessoas. É melhor consultar um nutricionista para fazer um cardápio completo.

* É preciso saber a hora de parar de emagrecer para não desenvolver um transtorno alimentar.

* Metas ousadas demais podem gerar frustração. Estabeleça objetivos reais, um mês depois do outro.

* Não pense só no antes e no depois. Aproveite o durante e comemore todos os quilos perdidos.

* As informações divulgadas não são controladas por um profi ssional e podem não ser sérias. Tenha olhar crítico.

* Cuidado para que a exposição individual não seja excessiva e isso venha a incomodar.





A história



Kelly sabia que tinha tendência a engordar e por isso controlava a alimentação e praticava exercícios físicos. Aos 22 anos, pesava 68 quilos quando entrou na igreja para se casar. Quatro meses depois, já somava 10 quilos extras na balança. Comia quatro pastéis na feira na porta de casa e abandonou a natação, que praticava havia oito anos. Grávida do primeiro filho, sentiu-se no direito de comer tudo o que tinha vontade e ganhou outros 40 quilos.



A virada



Aos 130, se “enxergou gorda” pela primeira vez. “Achava apenas que tinha ossos largos.” Kelly teve que fazer um exame pré-cirurgia de redução do estômago, quando descobriu que estava grávida novamente. Chegou aos 135 quilos e então decidiu mudar. Com a ajuda de revistas especializadas e de um blog sobre emagrecimento, começou a fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Em um ano e meio, enxugou 70 quilos, perdeu a vergonha de ir à academia e fez uma abdominoplastia. “Primeiro emagreci na mente, depois no corpo.” O ponteiro estacionou nos 65 quilos há cinco anos.



O blog

Inspirada no blog que acompanhava diariamente, resolveu escrever o seu próprio diário online. “Toda segunda-feira colocava meu peso e não me permitia repetir o número da semana anterior, muito menos superá-lo, porque não queria decepcionar as pessoas que acompanhavam meus posts.” O blog fez tanto sucesso que atingiu o limite permitido pelo servidor — Kelly tentou compactá-lo e perdeu todo o material. Há pouco mais de um ano, ela criou seu segundo endereço virtual, em que registra os passos de sua manutenção e também continua dando dicas a quem quer emagrecer. “Juntas nos incentivamos a perder mais peso e a ter uma vida saudável.”

Dicas
* Deixe sempre na geladeira uma mousse de gelatina light e iogurte desnatado para matar a vontade de comer doce.

* Antes de ir a uma festa, planeje o que você vai comer para que a sua dedicação não vá por água abaixo.

* Compare o rótulo dos alimentos para verificar se a substituição do integral pelo light vale a pena.

* Faça preparações que não acrescentem muitas calorias aos alimentos, como grelhados, cozidos e assados.

* Não troque a comida pela bebida. Experimente diluir os coquetéis com água ou bastante gelo para consumir em menor quantidade e troque o refrigerante por água com uma rodela de limão.

* Durma o suficiente para não sentir o apetite disparar e você começar a desejar apenas alimentos ricos em gorduras e açúcares nem faltar ânimo para a academia.

* Acumule quilômetros incorporando pequenas sessões de exercícios físicos na sua rotina. Estacione o carro o mais longe possível da entrada do shopping e, depois de acumuladas algumas sacolas, vá guardá-las no porta-malas.

Troque receitas

É um costume bacana entre as blogueiras trocar receitas de pratos light. O que foi visto numa revista ou o que já foi testado em casa vão parar no blog.
Desafie-se

Os posts trazem pesquisas científicas e recomendações de nutricionistas, misturadas às dicas de Kelly e a desafios lançados entre as amigas blogueiras. No último verão, por exemplo, 13 internautas se juntaram a ela numa competição para eliminar peso em oito semanas. As vencedoras ganharam lembrancinhas.

O blog virou livro

A história



A ideia de criar um blog para ajudar a perder peso dá certo para muitas mulheres. Uma delas é a jornalista Andréa Antonacci, 37 anos, que transformou a experiência no livro Emagreci Fazendo um Blog. Em agosto de 2007, depois de sair de um emprego estressante, Andréa estava com 72 quilos. Queria voltar para os habituais 60 e começou a ler blogs de emagrecimento. Gostou tanto que criou o Meu Blog Spa e, ao mesmo tempo, começou a escrever o livro. Aprendeu a se alimentar melhor e fez várias amizades. “Um dos pontos altos para mim foi a troca. Às vezes você faz um post e recebe e-mails de gente que está na mesma situação”, diz. O livro conta histórias bem-sucedidas, como a da nossa personagem Lu Francesa, reproduz trechos de posts de diferentes blogs e os comentários deixados por outros leitores. Tudo sob a supervisão de uma nutricionista, um psicólogo, um personal trainer e um nutrólogo. Para completar, receitas e uma porção de dicas pescadas em um ano de pesquisa. Emagreci Fazendo um Blog foi publicado em agosto de 2008, quando Andréa estava com 65 quilos, seu peso atual.

Fonte de pesquisa: Google

Nenhum comentário: