sábado, novembro 6

Com o Passar dos Anos Tudo Cai, Só a Gengiva Sobe

Pois é minha gente, infelizmente é isso que acontece. Esta matéria irá elucida-los a  como vencer todas as barreiras do tempo.

Primeira Impressão

Assim como a pele e o contorno do corpo, os dentes de desgastam com o tempo. Os cuidados e tratamentos indicados para os 20, 30, 40 e 50 anos

20 Anos

Levante as mãos aos céus: graças à fluoretação da água, o número de cáries caiu pela metade na sua geração. Nessa fase, você colhe os frutos de sua alimentação na infância. Continue firme na limpeza e na ingestão de cálcio

Prevenção

Extermine seu inimigo número 1

O flúor consumido na infância ajuda, mas não garante blindagem vitalícia. Na sua idade, a bactéria Streptococcus mutans, principal causadora da cárie, é a maior ameaça à saúde bucal. A partir dos 30 anos, o esmalte, espécie de escudo do dente, ficará mais resistente à perda de cálcio e dificultará o aparecimento de cavidades. Até chegar lá, não relaxe na limpeza – e mantenha aplicações de flúor.

Sinal vermelho para refrigerantes, energéticos e bebidas esportivas

Se você ainda não está convencida, a ciência fornece mais um argumento para você maneirar no consumo de refrigerantes à base de cola, energéticos e bebidas esportivas. Um estudo da publicação americana General Dentistry aponta que o pH ácido das substâncias corrói o esmalte. Usar um canudinho e empurrar o líquido diretamente para a garganta ajuda a minimizar o prejuízo. Depois dos últimos goles, faça um bochecho com água e espere até duas horas para sacar a escova – tempo de a saliva entrar em ação e restabelecer o pH neutro.

Tratamentos

Aparelho transparente Invisalign

O Invisalign revolucionou a ortodontia e pode significar o fim do tradicional sorriso metálico. Desenvolvido nos Estados Unidos, trata-se do aparelho mais discreto da atualidade, transparente e voltado para adultos. Com base no molde da sua boca e em informações fornecidas pelo dentista, ele é composto de peças de acetato maleável de 1,3 milímetro de espessura. Um computador com tecnologia 3D prevê os movimentos dos dentes a cada 15 dias. Por enquanto, o método é indicado para pequenas movimentações. Para intervenções mais severas, como sorrisos encavalados ou casos de extração, braquetes e aparelhos móveis continuam em alta.

Gengivectomia

“É um dos procedimentos cirúrgicos de maior impacto”, afirma o periodontista Sérgio Siqueira Jr., professor do Senac – Gloria Pires e Gianne Albertoni que o digam. A plástica de gengiva remove o excesso de mucosa em busca do padrão estético ideal: quando sorrimos, até 3 milímetros de gengiva devem despontar entre o lábio e os incisivos centrais. Em consultório, com anestesia local, a incisão é feita com laser ou bisturi (a vantagem do primeiro é a cicatrização, e a do segundo, a precisão do corte). Quinze dias depois, promessa dos doutores, o inchaço e a vermelhidão desaparecem.

30 Anos

O pH da saliva vira alcalino e altera as bactérias presentes na boca, aumentando o risco de doenças periodontais. Seus maiores aliados: fio dental (manhã, tarde, noite) e escova de dente macia

Prevenção

Combate à Porphyromonas gingivalis

No pH alcalino da saliva, a bactéria Porphyromonas gingivalis, vilã da gengiva saudável, se prolifera. Adote o sistema de limpeza do seu dentista – não há unanimidade sobre o método mais eficiente – e troque a escova de cerdas médias pela macia. Recém-lançada no Brasil, a marca suíça Curaprox é a coqueluche dos consultórios badalados, com seus modelos de 5 460 cerdas extramacias. Beber um pote de iogurte por dia também pode ajudar. Um estudo publicado no Journal of Periodontology afirma que alimentos ricos em lactobacilos previnem doenças periodontais.

Atenção na gravidez

A gengivite gravídica afeta você e seu bebê. Um estudo da American Association for Dental Research aponta que grávidas com problemas periodontais têm duas vezes mais chance de dar à luz prematuramente. À noite, faça bochecho com uma solução de flúor sem álcool – além de benéfico para você, o elemento será incorporado à dentição do nenê. Se a pasta provoca enjôo, compre marcas diferentes e intercale o uso.

Tratamentos

Restaurações com resina

Recém-lançada no Brasil, a alemã Vênus é a última geração das resinas. Além da alta durabilidade, ela tem o poder camaleônico de passar despercebida. São 27 cores, incluindo tons para quem fez clareamento, e três tipos de translucidez (como a opaca, para dentes manchados). Placa NTI contra bruxismo A placa americana NTI é o que há de mais high tech no tratamento de bruxismo, hábito de ranger os dentes. Encaixada em dois ou quatro incisivos, ela impede que caninos e molares se toquem – relaxando o maxilar e evitando o desgaste dos dentes. Após um mês de uso, há quem nem precise mais do dispositivo. Se o hábito persistir, a cura talvez esteja fora do consultório odontológico. “Procure um fisioterapeuta e um psicólogo”, diz o dentista Fábio Bibancos, de São Paulo.

Clareamento com peróxido de carbamida


Mais barato e longevo dos clareamentos, o método caseiro exige que você use uma moldeira por até oito horas diárias, durante três semanas. Um gel à base de peróxido de carbamida, aplicado na placa, atravessa o esmalte, transparente, e, em contato com a dentina, desencadeia processos químicos que quebram os pigmentos turvos. Quem tem sensibilidade pode optar por marcas com menor concentração de alvejante – em torno de 7,5%.

40 Anos


Se você se cuidou, ocupe-se apenas da manutenção. Caso contrário, anos de alimentação e escovação incorretas começam a desgastar seus dentes. Agora, a maior ameaça é o stress. Acalme os nervos e prolongue a saúde bucal

Prevenção

Ataque ao stress

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 8,2% dos brasileiros de 35 a 49 anos não têm dentição completa. “Recebo mais casos de perda de dente relacionados a stress do que a falta de higiene”, diz o dentista Admir Gavira, de São Paulo. Pratique ioga, medite, procure um massagista, enfim, inicie uma atividade que ajude a apaziguar os nervos.

Fortaleça os ossos

O sangramento de gengiva ao qual você não deu bola na década anterior começa a comprometer a estrutura óssea. Um exemplo é o aumento do espaço entre os dentes – percebeu que os alimentos passaram a se acumular em maior quantidade??? “Além do fator genético, 95% dos casos estão associados à escovação”, aponta o dentista . Quando for ao consultório para limpezas de rotina, agende uma radiografi a panorâmica, que detecta a perda óssea. Higienize a boca após comer um bombonzinho e consuma mil gramas de cálcio por dia (três conchas de feijão branco mais dois copos de leite).

Tratamentos

Lentes de contato IPS e.max

Lançamento da odontologia estética, a cerâmica alemã IPS e.max, chamada pelos dentistas de lente de contato, acaba de chegar ao Brasil para derrubar o tabu das facetas. Seu trunfo está na espessura de 0,3 milímetro, ante 0,7 dos modelos tradicionais. Com isso, ela desgasta menos o esmalte – principal crítica às facetas vigentes. Feita de cerâmica prensada, ela é indicada para correção de diastema (dentes separados, à la Ronaldo Fenômeno) e para aumento de incisivos laterais atrofiados. A técnica é tão recente que ainda não está disponível na maioria dos consultórios brasileiros.

Sistema de clareamento Zoom!

Apresentado no último Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, este ano, o Zoom! promete ser o mais eficiente método de clareamento. Em uma única sessão de 50 minutos, o dentista usa um gel à base de peróxido de hidrogênio e potencializa sua ação por meio de luz ultravioleta (concorrentes utilizam outros sistemas, como laser e LED). Além do tratamento em tempo recorde, o Zoom! garante reduzir o principal inconveniente do clareamento: a sensibilidade dos dentes. A explicação do fabricante é que o sistema de iluminação gera menos calor, principal desencadeador do desconforto.

50 Anos

Perda de dentes e retração de gengiva são perigos em potencial – a boa notícia é que a odontologia oferece ferramentas modernas para minimizar o prejuízo. Há tratamentos que equivalem a uma plástica facial

Prevenção

Aumento do fluxo salivar

A partir dos 55 anos, o fluxo salivar diminui consideravelmente. Como a saliva é um autolimpante natural, sua ausência favorece a formação de placas bacterianas e causa mau hálito. Dois hábitos diários ajudam a manter a boca molhada: comer uma maçã e beber 2 litros de água.

Caça às feridas

Embora a incidência de câncer bucal seja quase três vezes maior entre homens, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) prevê o surgimento de 3 780 novos casos entre mulheres em 2008. Feridas podem ser um sinal da enfermidade. De frente para o espelho, diga aaaaah e inspecione com olhos de detetive cada canto, especialmente a parte interna da bochecha e a região abaixo da língua – áreas onde costuma morar o perigo. “São suspeitos quaisquer machucados que levam mais de quatro dias para cicatrizar, além de aftas e herpes que não somem em uma semana”, afirma a dentista Dagmar de Paula Queluz, professora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O índice de cura da doença é de 75% quando diagnosticada precocemente.

Tratamentos

Implante com pino de zircônia

O titânio, que substitui a raiz em dentes implantados, está prestes a perder a majestade para a zircônia. Motivo: a cor. Enquanto o cinza do titânio causa sombreamento em gengivas finas, a zircônia, branca, oferece um aspecto natural. O procedimento cirúrgico não muda. Apresentada nos Estados Unidos, a técnica ainda é inédita no Brasil.

Alongamento da dimensão vertical

Rejuvenesça 20 anos com implantes e restaurações com coroas de porcelana nos molares. Eles recuperam o desgaste dos dentes, resgatam a oclusão e alongam a dimensão vertical, espaço entre a base do nariz e a ponta do queixo. O tratamento levantará os lábios, devolverá tônus à pele e dará harmonia ao rosto. “É o que chamo de plástica facial odontológica”, diz Marcelo Fonseca, da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, do Rio de Janeiro.

Plástica de enxerto de gengiva

A ausência do tecido aumenta a sensibilidade e envelhece o semblante. No enxerto, o dentista retira 1 milímetro da área próxima aos molares, no céu da boca. Depois, transplanta o tecido recolhido para o vão entre a gengiva e o dente. O procedimento reduz a sensibilidade, previne quedas e, de quebra, recupera seu visual da juventude.

Fonte de pesquisa; Women's Health

Nenhum comentário: