segunda-feira, fevereiro 2

Uma Linda e Comovente História de Amor

Vocês já conhecem os meus filhotes, Fofinha e Fernandinho, não é mesmo? É, os meus dois "Diamantes de Gould", pois então hoje eu comprei uma gaiola linda pra ela poder fazer o tratamento de garganta seperado dele. A veterinária esteve aqui, vaporizamos os dois com homeopatia diluída em água, contra ácaros e fungos, e ela deu mais uma dose de antiobiótico na Fofinha, que irá tomar até 6ª feira. Depois disso, colocamos ela na gaiolinha nova, linda, linda que comprei, com balancinho e tudo o que ela tinha direito. Gente, vocês não têm noção do que nós duas, a veterinária e eu, presenciamos. O Fernandinho começou a piar sem parar, pulava de um puleiro para o outro, e piava, piava, piava, feito um louco. A Fofinha, como não pia se debatia como se tivesse perdido tudo da sua vida, se agarrava nas grades da gaiola nova, ia para o puleiro, e se debatia tanto, mas tanto que eu pensei que ela ia cair dura no chão. E isso tudo porque eu coloquei as gaiolas uma de frente para a outra, para os dois se verem, mas foi um desespero tão grande entre esses dois pequeninos seres, que eu não aguentei e disse para a veterinária, "não, EU NÃO POSSO SEPARÁ-LOS DESSA MANEIRA ELES VÃO MORRER ATÉ AMANHÃ!" - e ela dizia:- Deixa mais um pouco que eles se acostumam, e o berreiro dos dois continuava, ela se agarrava nas grades de frente para ele e ele piava para ela sem parar. - Aí eu disse: - Olha eu prefiro não fazer tratamento nenhum se for para os dois sofrerem desse jeito, vamos recolocar ela novamente com ele, por favor. No instante em que ele viu ela entrar de novo na gaiola, ele parou de piar e ela coitadinha, ficou paradinha no chão da gaiola, que nem conseguia voar, depois de um pouco já estava comendo ao lado dele. Então eu pensei: Quando um animalzinho ou qualquer outro animal ama a sua parceira é para a vida inteira, eles tem lá as suas briguinhas, as suas bicadas, mas não se separam jamais. Que apêgo lindo e comovente que eles tem um pelo outro, e garanto a voces, que ele nunca mais vai bicar ou puxar as penas dela de novo, pois a outra gaiola vazia está lá, e vai ficar para eles saberem que se um fizer mal ao outro eles serão separados, e acho que eles preferem a morte do que a separação. Será que entre nós, animais racionais, ainda existe um amor desses??? Ou nunca existiu??? Acho que nunca existiu, pois entre nós o que conta são fatores, não existe pureza de sentimentos, e para essas criaturinhas só existe a pureza de querer e de estar um ao lado do outro. Isso é muito lindo!!! E muito comovente também! Eu AMO TANTO AQUELES
DOIS QUE CHEGA A DOER EM MIM A VOSSA DOR. Acostumem-se aos nomes (Fofinha e Fernandinho) pois irei mencioná-los muitas vezes durante este blog.
OBS.: Após 3 meses juntos...Eu fiquei tão emocionada com a cena que eu ví agora dos meus dois filhotes Fofinha e Fernandinho, que estou transbordando de alegria. Imaginem vocês, que eu fui até a gaiola deles, e lá estava o Fernandinho a todo vapor se balançando no balancinho, eu estranhei pois ele sempre foi tão sério! Daí a pouco, a Fofinha vai pro balancinho ao lado dele e os dois começam a se balançar, e sabe que mais? Dando beijinhos na boca. Se bicavam na boca, felizes da vida, acho que eu vou ser avó, logo logo, do jeito que as coisas estão... e mais eu peguei o meu celular e disse para os dois ficarem juntinhos pra eu tirar uma foto deles juntos, não é que eles posaram para mim??? É verdade!!! Esses dois são pra lá de espertos, parece que eles entendem o que a gente fala!!! Fizeram pose em cima do balancinho, olharam para o celular e deixaram eu tirar quantas fotos eu quis, não é demais? Que momento MARAVILHOSO que eu pude presenciar, que amor, QUE LINDO!!! E eu, mãe coruja que sou, estou toda emocionada! Lulucha

5 comentários:

Rosemary Q.(Miguxa) disse...

Olá Lulucha!

Que história bonita e emocionante!Adorei!
Essas criaturinhas indefesas são puras...e sensíveis.
Amiga,fiquei apaixonada por esse casal apaixonado.(rs)
Parabéns pelo seu blog e uma ótima 6ªfeira.

Abraço
Miguxa

Rodrigo Piva disse...

Que lindo exemplo. O amor dos animais é incondicional, por isso não consigo viver sem tê-los por perto. Se pudesse teria um zoológico! hehe

Beijos

Blog da Sissym disse...

Eu já tive passarinhos, tenho verdadeira paixão. Uma pena não poder ter agora, minha gata iria dar trabalho...

Pablo disse...

Que lindo!
Os animais amam de verdade.
Não tem interesse em nada , nem esperam nada em troca, somente amam. É um amor verdadeiro e puro!

Abraços Bianabac

Alexandre Domingues disse...

As vezes me pergunto, são irracionais? Os animais nos proporcionam momentos de reflexão, a simplicidade da vida, pq complicamos? Não é tão mais fácil amar? Jesus deu a sua vida por isso, como retribuímos?