quarta-feira, março 4

Suplementos Vitamínicos Você Precisa?

Refeição colorida no dia-a-dia, em geral, dispensa uso de suplementos vitamínicos Desde pequenos, nos acostumamos a ouvir os adultos dizendo: coma isto que tem vitaminas! Tal alimento é ótimo – contém várias vitaminas...e inúmeras outras frases do gênero. Mas... qual é a real importância desses nutrientes? "Pessoas saudáveis que se alimentam diariamente bem, com grande variedade de alimentos, e que não caem numa rotina alimentar monótona, dificilmente terão algum tipo de hipovitaminose. Para essas, não há necessidade de suplementação, que deve ser realizada somente em casos específicos de problemas na absorção, em casos de desnutrição ou ainda em fases específicas de nosso ciclo de vida"

Vitaminas são co-enzimas. De uma forma bem leiga, para que todos possam entender, elas se “colam” nas enzimas para direcionarem-nas adequadamente. Costumo dizer que elas agem como guardas de trânsito, orientando os movimentos do nosso organismo a fim de que ele trabalhe de forma coeza e organizada.

Existem vários tipos de vitaminas, todos com muito pouco em comum entre si. O importante é saber que elas são dividas em dois grupos: hidrossolúveis e lipossolúveis. Essa distinção, baseada na solubilidade desses nutrientes, nos indica, entre outras coisas, se elas são estocadas no nosso organismo (no caso das lipossolúveis) ou se são eliminadas diariamente pela urina (hidrossolúveis). Esse conhecimento é fundamental para sabermos se devemos renovar nosso estoque diariamente – no caso daquelas eliminadas pela urina – ou se podemos nos tranqüilizar em relação ao consumo – no caso das estocáveis.

Como aproveitar ao máximo das vitaminas presentes nos alimentos Por serem tão importantes para o nosso organismo, devemos aproveitar ao máximo das vitaminas presentes nos alimentos. Mas como fazer? As hidrossolúveis, por exemplo podem se perder na água durante o cozimento. A dica é preparar legumes sempre no vapor. Na verdade, pela simples elevação de temperatura, pode-se perder muitas vitaminas. Outra atenção importante deve ser dada à forma de estocagem dos alimentos. Produtos expostos à luz e ao ar podem perder parte do seu conteúdo vitamínico, portanto é importante acondicioná-los sempre na geladeira ou freezer.

Vitamina em excesso é prejudicial à saúde As definições técnicas de vitaminas sempre citam que na escassez desses pequenos nutrientes, nosso organismo pode causar uma síndrome ou deficiência específica. É aí que logo nos vem a idéia de suplementação. Poucas pessoas sabem, mas existem grupos de pesquisadores que se dedicam a estudar os níveis máximos de cada vitamina que podemos ter em nosso organismo. Isso porque, vitaminas em excesso, podem também ser prejudiciais à saúde. Um exemplo simples de citar é relacionado as vitaminas hidrossolúveis.

Mesmo havendo necessidade de se renovar o estoque diariamente, se ingerirmos em grande quantidade, nosso organismo terá que se esforçar muito para eliminá-las, podendo inclusive, formar cálculos renais. Para conhecer cada vitamina e suas principais fontes, basta acessar um dos milhares de sites sobre alimentação que existem na Internet. Caso você prefira livros, existem exemplares maravilhosos, com capas duras e fotos coloridas.

Gostaria de deixar aqui a mensagem de que, pessoas saudáveis que se alimentam diariamente bem, com grande variedade de alimentos, e que não caem numa rotina alimentar monótona, dificilmente terão algum tipo de hipovitaminose. Para essas, não há necessidade de suplementação, que deve ser realizada somente em casos específicos de problemas na absorção, em casos de desnutrição ou ainda em fases específicas de nosso ciclo de vida.

Muitas pessoas acreditam que as vitaminas estão presentes somente em frutas, legumes, verduras e leguminosas secas. Grande engano! Elas estão presentes também em alimentos de origem animal, como carnes, ovos, leite e derivados. Vitaminas diferentes costumam possuir pigmentos diferentes, conferindo uma coloração especial a cada alimento. Então, que tal realmente seguir o conselho dos mais velhos e acreditar na sabedoria popular: Faça uma refeição bem colorida e seu prato estará repleto de vitaminas! Fonte de pesquisa: 2.uol.com.

Ao meu ver, eu costumo tomar diáriamente, 3 vitaminas indispensáveis contra os radicais livres que são: Vitamina C, E e Beta Caroteno, e tomo também Vitergan Zinco que é ótimo.

Um comentário:

30 e poucos anos. disse...

É a velha briga de sempre ... uns falando q se comer bem não precisa tomar complexos vitamínicos, outros dizem que pela correria e stress do dia-a-dia é necessário a complementação com algum tipo de vitamina!!!
Eu tomo Coenzima Q10, Vit C e um suplemento que contem aminoácidos essenciais.