domingo, março 8

De Que Adianta

De que adianta, Sentir o calor do teu corpo... No meu... Se o que fica é um só ser! De que adianta esse jeito manhoso, Gostoso de ser... Se o que fica é apenas o ser! De que adianta te ter, Ao entardecer... Se o que fica é um só ser! De que adianta, Ter essa torre medieval... Em pleno carnaval... Se o que fica é apenas um ser! De que adianta, Tantas artimanhas... E manhas, Se o que fica é um só ser! De que adianta, O mar... Se o meu corpo inerte, Leva-me para o silencio da imensidão, Insinuantemente, Totalmente, Se o que fica é apenas um ser! De que adianta, Te conhecer, Me entregar aos seus desejos... Se o que fica é apenas um ser! De que adianta, Te ter, te amar, desenfreadamente, Se aparentemente... O que fica é um só ser! De que adianta, Tudo isso afinal? Lulucha

2 comentários:

Berenice disse...

Lulucha, belo texto, muito bonito. E acredito que as pinturas sejam suas também.

Sabe, me chamou a atenção sua homenagem a Sharon Tate. Também acho ela pouco lembrada. O filme "Dança com Vampiros" de 1967 considero especial. Ela está belíssima no filme e contracena com o marido, Roman Polansky, que alé de atuar, dirige o filme.

Bjs Lulucha e parabéns pelo seu espaço.

Berenice

braulio disse...

por ele campeao.

jamais o vamos esquecer


beijos. sempre