quarta-feira, março 11

Gatos Gigantes Invadem Campinas

  • Gatos gigantes da raça Maine Coon invadem Campinas Evento expõe bichanos que alcançam cerca de um metro de comprimento ao longo da vida Por Renata Rode
  • Imagine você cruzar com um gato de um metro de comprimento? Não, você não está no meio de um desenho animado e sim acaba de se deparar com uma espécime da raça Maine Coon. “Eles são dóceis, super ativos e apaixonantes. Eu posso dizer que os crio por grande amor às ninhadas mesmo, porque a despesa que temos para manter uma criação profissional de qualidade é bem grande, igual ao tamanho deles....rsss”, conta Glória Linares, Vice Presidente da AMACOON, Associação da Raça Maine Coon no Brasil.

Cerca de seis animais desse porte estarão expostos no Campinas Pet Fashion, um dos maiores eventos pet da América Latina voltado ao consumidor, que acontece nos dias 04 e 05 de abril, na Estação Cultura, em Campinas (SP).Mas, de onde surgiu esse espécie? Um cruzamento entre raças de pelos longos na América do Norte. “De ossatura grande, robustos e fortes, os machos podem chegar a pesar 10 quilos enquanto que as fêmeas, 7. Eles crescem até os 5 anos de idade. Eu tenho um adolescente aqui que já mede um metro e quatro centímetros.”, afirma a criadora.

Eles só tem tamanho... Apesar do porte enorme e aspecto selvagem, os Maine Coons são amistosos e convivem bem com seus donos e outros pets. São inteligentes, interativos e muito companheiros. “Uma das características da raça é que adoram o convívio e são bem ágeis e brincalhões. Eles são mais dependentes do dono que os gatos menores e podem até segui-los em alguns casos”, afirma o veterinário Youssif Said. Não há diferença quase que nenhuma nos cuidados com relação ao gato de tamanho maior. “Apenas sempre indico suplementos para cuidar dos pelos longos e a ração adequada. No mais, é como outro gato qualquer. Um filhote de um bom criador chega a custar R$ 2.000,00”, explica Said.A AMACOON vem investindo no melhoramento do padrão da raça no Brasil. “Estamos engajados em divulgar essa raça encantadora aos brasileiros, protegê-la e melhorar cada vez mais seu padrão, que ao longo dos anos foi se perdendo na criação. Lutamos pela divulgação da raça e por uma criação que se pauta, entre outras coisas, pelo respeito aos animais”, afirma Glória.

Segundo dados de duas entidades do segmento: a Cat Fanciers' Association (CFA) e a The International Cat Association (Tica), o Maine Coon ocupa uma posição de destaque no ranking anual de nascimentos registrados nos Estados Unidos. Já no Brasil a raça vem conquistando cada vez mais destaque através do trabalho de divulgação da AMACOON, que tem realizado mostras abertas ao público.O registro do maior Maine Coon do mundo, com citação no Guiness Book, é de Verismo´s Leonetti Reserve Red, também conhecido como Leo, que vive em Chicago, pesa 15.8 kg (sem ser obeso) e mede 1,219 m do focinho à ponta do rabo.No site da AMACOON você encontra dados sobre como comprar um gato da raça e cuidados básicos, além de curiosidades.http://www.amacoon.com.br/

Quando questionada sobre a quantidade de ração que eles consomem diariamente, Glória responde que não há muita diferença com relação a gatos comuns. “Há marcas que disponibilizam no mercado rações especiais que suprem as necessidades que o bicho tem em menor quantidade de ração consumida. Meus gatos comem cerca de 80 a 100 gramas por dia, não é nada exorbitante, pelo tamanho”, comenta. Fonte de Pesquisa: Itodas.com

2 comentários:

FRX disse...

oie aff eu amo gatos!
o meu ta agora dormindo na minha cama
tem 3 anos é o SLIPY e não pretsa pra nada só dorme e come =/

MDuval disse...

Nossa! Eles com mais 0,50cm são do meu tamanho (rsrsrs...)
ABÇão
Margareth Duval